quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Areia nos Dentes


Areia nos Dentes
Autor: Antônio Xerxenesky
Design: Samir Machado de Machado
Editora: Rocco
Fontes: Birch, FetteEgyptienne, Bullpen e Insane Rodeo.

Não vou ser esquizofrênico a ponto de entrevista a mim mesmo sobre essa capa, então vamos lá tentar explicar de modo sucinto: a nova edição de Areia nos Dentes, romance de estréia do escritor gaúcho Antônio Xerxenesky, originalmente publicado pela Não Editora em 2008, ganha nova edição agora pela editora Rocco. E tive a sorte e a oportunidade de ter feito ambas as capas, da primeira edição e desta nova. O briefing era sucinto: dar uma cara nova para o livro, sem fazer com que parecesse parte de uma coleção de livros de faroeste de banca, publicados pela mesma editora.


O livro se trata, toscamente resumido, de um faroeste com zumbis, mas há aspectos metalinguísticos na obra que a elevam acima de rótulos fáceis. Usei o detalhe dos tiros "furando" a capa para revelar trechos do texto do livro como forma de inserir essa idéia de leitura em camadas. De resto, usei como referência de lettering os créditos de abertura de Três Homens em Conflito, de Sergio Leone.
Embora o projeto gráfico interno desta edição não seja meu, ele se utiliza também de alguns elementos criados para a edição anterior, com imagens de abertura de paisagens desérticas, amplas, dando uma sensação "widescreen" nas aberturas de cada parte.

A versão aprovada foi uma de muitas apresentadas, algumas que coloco abaixo pra ver a evolução do processo. As primeiras, ainda muito ligadas em paleta de cores e lettering ao projeto inicial da Não Editora, a do meio, referenciando diretamente os créditos do filme de Leone, e a terceira, uma versão levemente diferente da final, com alguns pequenos detalhes a mais.

4 comentários:

Kelli Pedroso disse...

Hoje, mais cedo, deixei um comentário no Twitter para o Xerxenesky, sobre a capa da nova edição. Está linda! Eu ia deixar um comentário dizendo que também gosto da outra, mas acabei sendo suscinta.
Agora, acabei de saber que a nova capa, também é tua. Olha, meus parabéns, Samir. Além de teres bom gosto, consegues aprimorar cada vez mais teu trabalho.

sophia chassot disse...

eu acho que gostei mais da primeira opção de capa nova mas, de fato, era muito parecida com a antiga. gostei da descrição do processo, achei útil pra todo mundo.

Luciano Serafim disse...

Caramba, eles escolheram a menos interessante (com todo respeito ao seu trabalho), as outras era muito mais bonitas. Na última foto do post, não sei se gosto mais da primeira ou da segunda...

Samir Machado disse...

Obrigado pelos elogios, meu ego agradece. Quando às capas, eu gostava bastante de todas, claro, com um grande pendor pra versão vermelha. Mas no processo de criar uma capa, é sempre preciso ter um consenso, levando em conta diversos fatores, e quem manda, afinal, é o editor.

AddThis