segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Quixote pela Penguin-Companhia

A tão comentada nova tradução de Dom Quixote pela Penguin-Companhia traz os dois volumes num box.


Arte da caixa



Nota à parte: sempre achei um pouco confuso o modo como as editoras entendem o Dom Quixote. Já vi edição única, edição em dois livros, e até em três. Até onde sei, os volumes foram publicado com dez anos de diferença e o segundo é claramente uma continuação do primeiro, e não uma segunda parte no sentido das histórias seriadas (que, na minha edição da Ed. 34, distinguem-se pelos títulos originais de O Engenhoso Fidalgo e O Engenho Cavaleiro Dom Quixote, o que talvez seja sutil demais pro público. Mas não sou especialista em Cervantes, e nem terminei de ler ainda o segundo, então não faço nenhuma afirmação doutrinária de como as coisas devem ser. Ao menos a edição da Penguin-Companhia te dá os dois livros pelo preço que outras editoras cobram por um volume só.

2 comentários:

Anna Costa disse...

Este blog é magnífico! Já está nos favs.

Tuma disse...

Também fiquei confuso com a divisão. Inclusive achei que fosse só a primeira parte.

Acho que na academia eles são mais geralmente conhecidos como primeira e segunda parte...

AddThis